Notícias News

Reconstruir o Templo de Salomão é rejeitar a Cristo, diz reverendo

O reverendo presbiteriano Leandro Lima postou em seu Facebook um texto comentando sobre a construção do Templo de Salomão inaugurado em São Paulo na semana passada.
Na visão do religioso a construção é “uma aberração” por representar uma época que já passou “e que não faz mais sentindo no mundo atual”.
Lima fez uma crítica histórica e concluiu: “Além de ser um equívoco histórico, pois trata-se de uma cópia mal feita do templo de Herodes, aquele que foi reconstruído um pouco antes do tempo de Cristo. Por isso, em vez de Templo de Salomão, deveria ser chamado de ‘réplica do Templo de Herodes’. Mas nesse caso, não daria muito ‘marketing’…”.
Para o presbiteriano o Templo de Salomão é uma aberração teológica por recriar um templo que Deus autorizou a destruição, como está em Mateus 24: 1 e 2. “De certo modo, ao reconstruir o simbolismo, ele está erguendo novamente algo que Deus quis que terminasse”, disse o reverendo Leandro Lima.
Em sua visão, ao reconstruir o Templo de Salomão e o que ele significa, a Igreja Universal do Reino de Deus está rejeitando a Cristo. “Jesus é tudo aquilo que o Templo de Israel prefigurava. Jesus cumpre em sua pessoa todas as promessas e realizações do antigo Templo.
Reconstruí-lo, mesmo que apenas como uma homenagem ou dedicação, é uma forma de praticar tudo aquilo que o livro de Hebreus condena, é um modo de rejeitar a Cristo e a tudo o que ele fez.”

No mesmo texto o reverendo presbiteriano elogia a “capacidade administrativa e empreendedora” de Edir Macedo dizendo que ele poderia enriquecer vendendo qualquer coisa, mas lamenta que ele tenha usado este talento para vender a fé.

Nenhum comentário