Notícias News

Pais matam namorado da filha

O incidente ocorrido na última quarta-feira não foi a primeira tensão entre os policiais Gina e Shannon Kepler, de 48 e 54 anos, e sua filha Lisa, de 18. Segundo a emissora local KOTV, amigos e vizinhos contaram que a família tem uma relação conturbada, que culminou na morte do namorado da jovem, Jeremy Lake, de 19 anos. Lisa, que foi adotada aos 6 anos de idade, foi morar em um abrigo para moradores de rua há cerca de uma semana, quando foi expulsa de casa. Ela conheceu Lake na instituição e foi morar com o rapaz.
De acordo com a emissora, quando o casal descobriu que não poderia ter filhos, eles decidiram adotar duas meninas, Lisa e sua irmã, que tinha 4 anos. A filha mais velha demonstrava problemas comportamentais e foi diagnosticada com transtorno de apego reativo, que se caracteriza pela dificuldade de criar vínculos sociais.
Shannon e Gina Kepler foram presos pelo crime
Shannon e Gina Kepler foram presos pelo crime Foto: Tulsa County Sherriff's Office/AP
Segundo os amigos da família, que não foram identificados na reportagem, os Kepler fizeram a filha participar de terapia e de programas de recuperação ao longo de toda a vida, mas ela era constantemente expulsa. Eles adotaram a irmã mais nova das duas na expectativa de que isso ajudasse Lisa e também teriam investido milhares de dólares no tratamento dela.

Na última semana, as tensões familiares teriam chegado ao limite, e Gina e Shannon, sem outros recursos, decidiram expulsar Lisa de casa. “Eles (as fontes) disseram que uma dose de realidade ajudaria a botar a Lisa nos eixos”, afirma a reportagem. A jovem foi passar as noites em um abrigo para moradores de rua em Tulsa, onde conheceu o namorado. Logo, o rapaz a convidou para ir morar com ele. Na última terça, o dia em que ele morreu, os dois atualizaram seu status de relacionamento no Facebook.


Morte

Lisa e Lake estavam andando perto da casa dos Kepler na noite da última terça-feira quando seus pais, Gina e Shannon, chegaram. Eles se falaram brevemente e o pai, que é policial, mas estava de folga, atirou no jovem. Os dois deixaram o local e, mais tarde, se entregaram à polícia. Eles estão presos.
Em entrevista à Associated Press, Lisa disse que não imaginava os motivos do ataque. “Não sei o que pode ter levado isso a acontecer. Eles nem conheciam Jeremy. Espero que eles fiquem presos por um bom tempo”, disse.




Fonte: Extra.

Nenhum comentário