Notícias News

Eduardo Campos morre em acidente com avião no litoral paulista

O candidato à Presidência da República Eduardo Campos (PSB) morreu em um acidente aéreo envolvendo um jatinho que caiu sobre uma casa na cidade de Santos, litoral sul paulista, na manhã desta quarta-feira. O deputado federal Júlio Delgado (PSB-MG) confirmou a morte do candidato.

- Acabaram de confirmar, ele realmente estava no avião e morreu - disse ele, aos prantos. A assessoria do PSB, no entanto, não confirma a morte.

Fontes da Aeronáutica e o deputado Márcio França, do PSB-SP, braço-direito de Eduardo Campos, confirmaram que o prefixo da aeronave que caiu era igual ao do jatinho em que viajava o candidato.

Segundo a ANAC, trata-se de um jato Cessna com dois motores, com capacidade para 12 passageiros. A aeronave estava com o certificado de aeronavegabilidade e a inspeção anual de manutenaçlao em dia. O jato pertence à empresa AS Andrade Empreendimentos e Participação. O prefixo do jatinho era PR-AFA. A Aeronáutica investigará o acidente.
A assessoria de imprensa de Marina Silva, vice-candidata à Presidência na colig
ação de Campos, confirmou ao Extra que a aeronave do candidato saiu do aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, às 9h23 da manhã de hoje e, após não conseguir pousar em Santos, não retornou contato.

As especulações de que Campos poderia estar entre as vítimas do acidente começaram a circular na internet cerca de uma hora após a queda da aeronave, baseada na informação de que Campos tinha compromissos eleitorais em Santos nesta manhã.

Segundo o site oficial da campanha do candidato, Eduardo Campos tinha uma entrevista coletiva na Praia do Mercado, às 10h30. Em seguida, às 12h, ele participaria de um seminário sobre a expansão do porto de Santos, no Guarujá.
Sete vítimas

Segundo O Globo, o Corpo de Bombeiros confirmou a queda, que ocorreu na altura do número 136 Rua Alexandre Herculano, esquina com Rua Vahia de Abreu, nas imediações do Canal 3, a cerca de sete quadras da praia. Logo após a queda, a primeira informação era a de que se tratava de um helicóptero. Sete pessoas ficaram feridas e pelo menos três imóveis foram atingidos.

A sala de imprensa do Corpo de Bombeiros informou que sete vítimas foram socorridas em hospitais da região, mas ainda não há informações se elas eram ocupantes da aeronave ou moradores dos imóveis atingidos. O Pronto-Socorro Municipal de Santos confirmou que há quatro feridos internados na unidade.

A queda ocorreu pouco depois das 10h. A poucos metros do local do acidente funcionam uma escola infantil e uma academia de ginástica. A região tem casas e comércios.

O Comando da Aeronáutica informou, por nota, que o avião, modelo Cessna 560XL, prefixo PR-AFA, caiu às 10h.

“A aeronave decolou do Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, com destino ao aeroporto de Guarujá (SP). Quando se preparava para pouso, o avião arremeteu devido ao mau tempo. Em seguida, o controle de tráfego aéreo perdeu contato com a aeronave”, diz nota da Aeronáutica.

O local onde ocorreu a queda é bastante movimentado. Testemunhas relatam que ouviram barulho de uma explosão. O quarteirão foi isolado pela Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e equipes de resgate. Com o estrondo na hora da queda, vidraças de lojas quebraram-se.
Fonte: Extra

Nenhum comentário