Notícias News

Jovem morre atingido por um raio enquanto conduzia a oração em culto

Um jovem morreu durante um culto enquanto fazia uma oração. Um raio o atingiu e ele não resistiu à parada cardíaca causada pela descarga elétrica.

O caso foi registrado em Ananindeua, na última semana. Robson Lameira Marques, 23 anos, era frequentador da Assembleia de Deus Poder e Glória há seis meses, e também ajudava na construção do novo templo da denominação.

“Era uma pessoa muito querida”, disse uma fiel em entrevista à TV Liberal. “Os médicos da UPA tentaram, em torno de meia hora, fazer tudo que fosse possível para ele reagir, mas infelizmente não teve êxito”, acrescentou o pastor da igreja, Aracivaldo Pantoja.

O corpo de Robson foi enterrado em um cemitério da região metropolitana de Belém no último dia 09 de maio.

Raios
O Pará está na terceira posição entre os estados que têm maior incidência de raios, e 500 mil já caíram em 2015. Em 2014, foram registrados 1,7 milhão raios no estado, e as recomendações são para evitar atividades que aumentem o risco de ser atingido durante uma tempestade.

“Em caso de raios, a gente não pode estar próximo ou pegar equipamentos elétricos que estejam em tomadas […] Se a pessoa estiver segurando algum equipamento que pode vir essa corrente, como microfone, celular [enquanto está] carregando, pode vir ocasionar um dano e até a morte dessa pessoa”, disse o major Jaime Oliveira, do Corpo de Bombeiros.

A descarga elétrica de um raio é mil vezes maior que a de um chuveiro elétrico, e no ponto onde o raio cai, a temperatura pode chegar a 25 mil graus, segundo informações do G1. Por esse motivo, a recomendação é procurar abrigo na hora de uma tempestade com relâmpagos, e evitar se esconder embaixo de árvores. Se estiver em um carro, é importante manter os vidros fechados.

Nenhum comentário