Notícias News

Governista, Isidório sugere 'plano B' ao Estado: 'Pelo clima, a greve já está aqui e não vai parar'

Vice-líder do governo na Assembleia Legislativa da Bahia, o deputado estadual Pastor Sargento Isidório (PSC) aposta ser "irreversível" a greve da Polícia Militar. O indicativo será votado ainda nesta terça-feira (15), em assembleia-geral da PM, no Wet'n Wild, na Avenida Paralela, em Salvador. De acordo com o parlamentar, além de melhorias estruturais e salariais, bem como o antigo pleito de pagamento da Unidade Real de Valor Monetário (URV), um dos principais questionamentos da classe é referente ao novo Código de Ética da corporação, estabelecido na Lei de Modernização da PM, apresentada pelo governo do Estado na última quinta-feira (10). A medida prevê o corte de três meses de salário aos policiais condenados pelo Tribunal Militar por indisciplina. "Quem orientou o governador não tem juízo. A gente ficar preso, sem mulher, sem os filhos, pelo menos tem o salário. Agora, você tirar três meses de salário do policial é decretar bandido armado na rua", criticou isidório. "Eu estou deputado, mas sou policial militar. Se tiver que ficar do lado do governador ou ficar no meio dos meus colegas, prefiro cair com a PM", complementou. Para o deputado, a paralisação será decretada e o Estado precisa acionar um "plano B". "O governo deve-se articular com o governo federal e até tirar dinheiro dos royalties. Pelo clima, a greve já está aqui e não vai parar. Vai dar em greve", apostou.

Nenhum comentário